• NATAL É A MAIOR CONFRATERNIZAÇÃO ECUMÊNICA MUNDIAL

    Eu sei que a maior parte de vocês vão dar as mesmas desculpas esfarrapadas que os infiéis sempre deram ao longo dos séculos, para fazerem a vontade dos homens...

  • REGULAMENTOS DO CULTO VERDADEIRO

    O que foi escrito sobre cultuar a Deus pode ser notado claramente em Mt 6 com a orientação de Jesus. Alí ele está fazendo um contraste entre...

  • O QUE É SUSTENTABILIDADE?

    O discurso sobre sustentabilidade possui uma mensagem subliminar que as pessoas ainda não entenderam. Para ter uma idéia do que se trata realmente, imagine você, em uma prisão contendo 10 pessoas. Nesta mesma prisão...

  • SAI DELA POVO MEU - PARTE 1 - MESA ESPIRITUAL

    "Porque nós, sendo muitos, somos um só pão e um só corpo, porque todos participamos do mesmo pão. Vede a Israel segundo a carne; os que comem os sacrifícios não são porventura participantes do altar? Mas que digo? Que o ídolo é alguma coisa? Ou que...

  • O DÍZIMO, A LEI E A GRAÇA

    Disse também o Senhor a Arão: Na sua terra herança nenhuma terás, e no meio deles, nenhuma parte terás; eu sou a tua parte e a tua herança no meio dos filhos de Israel. E eis que aos filhos de Levi tenho dado todos os dízimos em Israel por herança

sábado, 28 de janeiro de 2017

MENSAGEM AOS QUE DIZEM TER SAÍDO DO SISTEMA RELIGIOSO.

Eu sou um dos veteranos deste êxodo religioso. Sou dos primeiros a defender esta bandeira. Tenho visto no decorrer destas últimas duas décadas muitos deixando o "sistema religioso", mas isto não é o suficiente. É preciso também que o sistema religioso o deixe.
Aqueles que deixaram o "sistema religioso" e formaram uma outra comunidade cristã, reproduziram a mesma loucura por falta de referência. O sistema continuou através deles.
Isto não é uma história recente, Lutero, João Calvino, Henrique VIII e seus continuadores vieram ao longo da história com a mesma filosofia (sair do sistema), construindo esta teia de renda negra, apanhadora de almas. 

Só tem um jeito de sair do sistema e, nenhum outro mais. A receita é esta e, qualquer argumento e atitude que fuja deste princípio é falácia, demagogia e hipocrisia:
"Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me;" Mateus 16:24

"Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim.
E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim.
Quem achar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a sua vida, por amor de mim, achá-la-á." Mateus 10:37-39


É preciso romper consigo mesmo e com suas tradições. Do contrário, sair da Babilônia, nome bíblico do que chamam de sistema religioso, é impossível.
A Babilônia é seu jeito de ser, de pensar e de agir. É VOCÊ! Não coloque a conta na comanda do outro. Se a atitude de "sair" é em razão do aborrecimento que tem dos outros, ainda não descobriu o verdadeiro caminho de saída. 
A saída deve ser o anseio por ser santo, a ambição de entregar seu próprio sangue em prol da causa de Cristo, a fim de se tornar uma referencia de obediência ao evangelho, descobrindo assim, a forma de gerar Cristo nos outros que estavam na mesma situação que a sua.

Não sendo esta a sua motivação, não importa para onde vá, ali onde estiver, estará uma extensão da Babilônia.
Foi assim que ela se propagou por toda a terra. Pessoas cheias de boas intenções, mas nenhuma árvore pode produzir o fruto que não é de sua própria espécie. 

Uma provinha básica para você mesmo descobrir se não é mais Babilônia, é esta:
Como você responde à quem fere teu orgulho?
1 - Filho de Deus - Perdoa e oferece a outra face.

2 - Babilônia - Se impõe, não admite ter seu ego ferido.

Pegue as outras questões de autoavaliação no sermão da montanha, começando no capítulo 5 de Mateus.  Ali você poderá ver se é a Deus que está obedecendo ou se à si mesmo.

Não se iluda pensando que é melhor do que os outros só porque parou de frequentar reuniões e dar dízimos.  Isto é irrelevante perto do que realmente pode te tirar da Babilônia, ou seja, de si mesmo.




Share:
Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Arquivo do blog

Theme Support