• NATAL É A MAIOR CONFRATERNIZAÇÃO ECUMÊNICA MUNDIAL

    Eu sei que a maior parte de vocês vão dar as mesmas desculpas esfarrapadas que os infiéis sempre deram ao longo dos séculos, para fazerem a vontade dos homens...

  • REGULAMENTOS DO CULTO VERDADEIRO

    O que foi escrito sobre cultuar a Deus pode ser notado claramente em Mt 6 com a orientação de Jesus. Alí ele está fazendo um contraste entre...

  • O QUE É SUSTENTABILIDADE?

    O discurso sobre sustentabilidade possui uma mensagem subliminar que as pessoas ainda não entenderam. Para ter uma idéia do que se trata realmente, imagine você, em uma prisão contendo 10 pessoas. Nesta mesma prisão...

  • SAI DELA POVO MEU - PARTE 1 - MESA ESPIRITUAL

    "Porque nós, sendo muitos, somos um só pão e um só corpo, porque todos participamos do mesmo pão. Vede a Israel segundo a carne; os que comem os sacrifícios não são porventura participantes do altar? Mas que digo? Que o ídolo é alguma coisa? Ou que...

  • O DÍZIMO, A LEI E A GRAÇA

    Disse também o Senhor a Arão: Na sua terra herança nenhuma terás, e no meio deles, nenhuma parte terás; eu sou a tua parte e a tua herança no meio dos filhos de Israel. E eis que aos filhos de Levi tenho dado todos os dízimos em Israel por herança

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

PROVISÃO DIVINA X PROSPERIDADE FINANCEIRA



A cada dia é mais comum ver nas igrejas evangélicas estes apelos: 

“Grande culto da vitória”, “Culto de cura e libertação”, “Culto das causas impossíveis”, “Culto dos empresários”, “Grande campanha da prosperidade financeira”. 

Em primeiro análise, vamos situar o que é culto, e qual é o ALVO dele. 

A palavra culto vem do latim cultus, que significa cuidado, cultivo, adoração, reverência. Em tese, podemos adorar ou reverenciar pessoas e divindades. 

Porém, os remidos, desde o princípio foram ensinados a prestar culto somente a Deus. Também foi ensinado para eles, que a verdadeira adoração a Deus consiste em uma vida de renúncias. 

Por um lado, como culto, lhes foram apresentados DEUS como alvo de adoração, mas por outro lado, como parte do mesmo culto, também lhes foi apresentado a CRUCIFICAÇÃO DA VELHA NATUREZA. 

Todos os renascidos pela fé no sacrifício de Jesus Cristo, receberam a SÃ DOUTRINA como ÚNICO SACRIFÍCIO A SER REALIZADO:

"24 Então Jesus declarou aos seus discípulos: “Se alguém deseja seguir-me, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e me acompanhe. 25 Porquanto quem quiser salvar a sua vida, a perderá, mas quem perder a sua vida por minha causa, encontrará a verdadeira vida. 26 Pois que lucro terá uma pessoa se ganhar o mundo inteiro, mas perder a sua alma? Ou, o que poderá dar o ser humano em troca da sua alma?" Mt 16

As campanhas que os evangélicos vem participando, motivados pelos seus líderes, consiste na destruição total da pregação do evangelho. Que inverte todo o conceito do culto estabelecido nas Sagradas Escrituras. 

Estas campanhas colocam você como alvo da adoração. Um encontro que invoca DEUS para lhe atender, presta o mesmo conceito da necromancia, que é a invocação de demônios para obter algum sucesso para a satisfação de algum desejo ou até mesmo de necessidades.

Esta matéria, tem o propósito de colocar você diante do princípio fundamental da fé, com um entre dois objetivos: TE ABENÇOAR OU TE TRAZER MALDIÇÃO.

Após esta leitura, se você ainda insistir em andar no caminho dos promotores do culto invertido, que o seu sangue seja sobre tua cabeça.  Você não é mais inocente.

Estou veementemente te protestando diante da PALAVRA DE DEUS para te fazer acordar, mas se insiste sustentar o mercado da apostasia, fortalecendo o BRAÇO da iniquidade na destruição das almas inconstantes, sinto muito, mas lhe digo claramente, o seu fim será na negridão das trevas.

"Assim como, no meio do povo, surgiram falsos profetas, assim também haverá entre vós falsos mestres, os quais introduzirão, dissimuladamente, heresias destruidoras, até ao ponto de renegarem o Soberano Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição."

Quero comentar, que a confissão fiel a respeito do nosso Senhor, não consiste apenas em sustentar o nome dele, mas em viver na observância de seus mandamentos, por que ele diz que aqueles quem praticam a iniquidade, Ele não os conhece - Apartai-vos de mim os que praticam a iniquidade, não vos conheço. Ensinou que todo aquele que o confessar diante dos homens, também o confessará diante dos anjos e do Pai, mas todo que o negar diante dos homens, também o negará diante de Deus e de seus anjos. 

Estes o negam, mesmo confessando o seu nome, que é pior, pois associa Jesus Cristo às suas práticas imundas, infamando o caminho da verdade. Continuando:

"2 E muitos seguirão as suas práticas libertinas, e, por causa deles, será infamado o caminho da verdade;  3 também, movidos por 

>>AVAREZA, FARÃO COMÉRCIO DE VÓS, COM PALAVRAS FICTÍCIAS<<; para eles o juízo lavrado há longo tempo não tarda, e a sua destruição não dorme."    II Pe 2

Deixe de ser incrédulo!!! Você acredita em homens e não em Deus. Continue assim e vai herdar o mesmo destino que eles.

Como falava, o principal objeto de culto é DEUS e, a renúncia de si mesmo é o único jeito de cumprir este formato de culto. Estabelecer uma relação com Deus com base em necessidades, desejos, conquistas, é a prova cabal de que a sua velha natureza continua viva e no controle. 

Relação de homens com Deus que objeta os interesses dos homens é a plena forma de paganismo e, isto foi a obra que resultou da fusão do joio com o trigo, que iniciou no III século d.C. através do imperador Constantino. Posteriormente esta fusão passou chama "IGREJA CATÓLICA ROMANA". 

Foi desta grande instituição cristã prostituída que vocês herdaram tal abominação. Fique ciente diante do sangue do Cordeiro e do seu Espírito Santo: Todos os que possuem este costume e caminha nesta "fé", continua católico, é prostituto espiritual como ela e permanece sob a mesma ira.

SAI DELA POVO MEU, PARA QUE NÃO INCORRA EM SEUS PECADOS E PADEÇA OS SEUS FLAGELOS: AP 18:4   

NÃO CONFUNDA PROVISÃO DIVINA COM PROSPERIDADE FINANCEIRA:

Posicionar a fé na cruz implica em uma promessa, aliás, única que encontramos na doutrina de Cristo, que aponta para uma resposta de Deus no que se refere à nossa situação financeira:

"buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas."

Não pregamos voto de pobreza. Sabemos que é possível obter conquistas materiais com o fruto do nosso trabalho aliado à uma boa administração. 

Somos contra o uso do evangelho de Cristo para ludibriar as pessoas, que acabam caindo na ilusão de que servir a Deus é para se obter vantagens. 

Muito pelo contrário, servir a Deus, segundo nos ensinou nosso Mestre Jesus Cristo, é sinônimo de muitas aflições. Para minimizar isto, ele ensinou que os irmãos devem compartilhar recursos e trabalhar um em prol do outro. 

Se isto tivesse tido sucesso no corpo de cristo, não teríamos tantas injustiças na igreja. 

A "doutrina do dízimo" trazida pelos cães gulosos, contaminou tudo com a avareza, porque a cobiça plantada no coração dos homens sempre foi e sempre será a maneira ideal para extorquir das pessoas aquilo que os de má fé almejam. 

Vejam Texto e contexto da doutrina sobre isto:

"Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom.
Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário?
Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?
E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura?
E, quanto ao vestuário, por que andais solícitos? Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham nem fiam;
E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles.
Pois, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe, e amanhã é lançada no forno, não vos vestirá muito mais a vós, homens de pouca fé?
Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos?
Porque todas estas coisas os gentios procuram. Decerto vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas;
Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal." Mateus 6:24-34

Share:

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

COMO IDENTIFICAR O FALSO DO VERDADEIRO CULTO A DEUS?




O culto que o cristianismo paganizado ensinou ao povo consiste apenas em reuniões de contemplação, canções, dízimos, autoajuda... limitando as pessoas na total ignorância no que se refere a servir de fato a Deus. Esta consciência edificou uma sociedade hipócrita, insensível, cruel e altamente materialista.

Quando somos humanizados pelo poder do evangelho, torna-se impossível permanecermos na  inércia. O amor verdadeiro é o combustível que move o ser humano de encontro aos propósitos do reino de Deus, os quais, quando estamos produzindo, caracteriza-se na real adoração e louvor a Deus. Isto se dá pela concretização da imagem de Cristo em todo aquele que se doa para a restauração da vida de outrem.

Nós temos que mudar nossa forma de culto a Deus, abandonar esta besteira de adora-lo com coisas insignificantes conforme a igreja paganizada insiste fazer como se Deus tivesse algum problema de autoafirmação e precisasse de uma adoração musical e louvores que não possuem utilidade alguma, senão de bajula-lo:

"Hipócritas! Bem profetizou Isaías sobre vós, denunciando: ‘Este povo me honra com os lábios, mas seu coração está longe de mim. Em vão me adoram; pois ensinam doutrinas que não passam de regras criadas por homens". Mateus 15: 7-9



Ele mesmo nos diz claramente:

"Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade." Mateus 7:21-23

Também nos ensina como devemos cultuá-lo e adorá-lo:
"E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda.
Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;
Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me;  Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e foste me ver.
Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber? E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos?
E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te? E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes." Mt 25:33-41


O culto de contemplação renderá somente este resultado aos cristãos:
"Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos; Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber; Sendo estrangeiro, não me recolhestes; estando nu, não me vestistes; e enfermo, e na prisão, não me visitastes.  Então eles também lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, ou com sede, ou estrangeiro, ou nu, ou enfermo, ou na prisão, e não te servimos?
Então lhes responderá, dizendo: Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não fizestes, não o fizestes a mim.  E irão estes para o tormento eterno, mas os justos para a vida eterna."
Mateus 25:41-46

Esta doutrina não é uma convocação para resolvermos os problemas do mundo, mas para fazer dos membros do corpo de Cristo, membros ativos, em uma vida prática de verdadeiro louvor e adoração, de forma que cada um de nós seja literalmente um salva vidas no contexto pleno da palavra aqui neste mundo.

Se a nossa gratidão a Deus não resultar em um culto de louvor e adoração que reproduza a mesma obra de Jesus, atingindo o objetivo desejado por Deus no que se refere a continuidade da expansão do reino por meio da evangelização e na edificação de cada um dos membros constituídos por meio do discipulado, a vida cristã torna-se simplesmente em um grande fardo a ser carregado e completamente inútil.

Aqueles que limitaram sua "fé" na proposta que as comunidades evangélicas vem realizando ao longo dos tempos, estão vivendo em grande conflito consigo mesmos por não poderem produzir o fruto que sua própria alma lhe cobra, sabendo que de alguma forma algo está errado. Não possuem a menor condição para entender que por terem sidos tolidos do conhecimento, estão aprisionados na inutilidade, apenas no campo da contemplação religiosa.

Uma liturgia morta, sem sentido, em alguns casos barulhentos, que no fim, sendo uma coisa ou outra,  os encontros não produzem aproveitamento espiritual algum para os adeptos, que acabam aprendendo que a obra de Deus é ir para a igreja cantar, gritar, pular, e buscar vitórias para suas vidas presas em uma religião medíocre sem propósito algum.

Este "cristianismo" tem tornado as pessoas em infelizes criaturas, pois sentem-se incapacitadas no que se refere a cumprir seu chamado, o qual nem entende o que é em razão da igreja ter se tornado em um teatro ou clube de apresentações artísticas, muitas vezes, bizarras.

O tal "ministério de louvor e adoração" e a profissionalização do pastoreio,  usurparam a missão do corpo de Cristo, segregando uma classe para brilhar e dominar e outra para ser conduzida e sustentar.

A maior prova desta afirmação é o resultado que temos nos membros, os quais passam anos, décadas, diante dos púlpitos, obtendo um mínimo de aproveitamento (quando tem), insuficiente para o exercício de seu chamado, o qual, para se obter, é necessário encarar uma faculdade teológica.

Estas coisas ocorrem em razão da corrupção em que está metida igreja, no desvirtuar do propósito, que visa o lucro e a glória dos homens.

Aqueles pois que não entram por este caminho, estão fadados a serem "vaquinhas de presépio", obrigados a dizer "amém" para tudo que os usurpadores decidem como senhores do rebanho.

Enquanto o rebanho não for ministrado corretamente para resgatar neles a visão da igreja sacerdotal, esta casta maldita não permitirá o rebanho de fato servir a Deus.

Se esta é a situação que você está vivendo, entenda uma coisa apenas: A verdadeira adoração a Deus você só pode realizar se estiver vivendo uma vida de renúncia ao pecado, santificando-se da velha natureza e, o único louvor que Deus vai ouvir é aquele que materializa o amor ao próximo de forma prática, no serviço e no socorro que você venha prestar à seu semelhante. Fora isto, nada mais é aproveitável, pois inútil. O melhor para Deus é somente isto. O Senhor tem prazer é em que obedeçamos os ensinamentos de Jesus Cristo e, lá nos evangelhos, não vemos estas praticas religiosas como expressão verdadeira louvor e adoração a Deus.

Vivendo conforme este princípio, ainda que nunca entoe alguma canção ou palavra que hoje é considerado "louvor", estará de fato louvando. Não há problema algum em cantar a Deus, mas substituir o verdadeiro sentido do louvor e adoração em ministração musical como culto a Deus, isto sim, sem sombra de dúvida, é a mais plena forma de proselitismo religioso e nada mais. Infelizmente é o que acontece.

"Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens.
Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte;
Nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas no velador, e dá luz a todos que estão na casa.
 Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas  obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus ."  Mateus 5:13-16

Existem muitas outras formas de prestar seu verdadeiro louvor e adoração a seu Deus, mas quero te mostrar um exemplo aqui neste vídeo que muito chamou minha atenção:

Share:
Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Arquivo do blog

Theme Support