• NATAL É A MAIOR CONFRATERNIZAÇÃO ECUMÊNICA MUNDIAL

    Eu sei que a maior parte de vocês vão dar as mesmas desculpas esfarrapadas que os infiéis sempre deram ao longo dos séculos, para fazerem a vontade dos homens...

  • REGULAMENTOS DO CULTO VERDADEIRO

    O que foi escrito sobre cultuar a Deus pode ser notado claramente em Mt 6 com a orientação de Jesus. Alí ele está fazendo um contraste entre...

  • O QUE É SUSTENTABILIDADE?

    O discurso sobre sustentabilidade possui uma mensagem subliminar que as pessoas ainda não entenderam. Para ter uma idéia do que se trata realmente, imagine você, em uma prisão contendo 10 pessoas. Nesta mesma prisão...

  • SAI DELA POVO MEU - PARTE 1 - MESA ESPIRITUAL

    "Porque nós, sendo muitos, somos um só pão e um só corpo, porque todos participamos do mesmo pão. Vede a Israel segundo a carne; os que comem os sacrifícios não são porventura participantes do altar? Mas que digo? Que o ídolo é alguma coisa? Ou que...

  • O DÍZIMO, A LEI E A GRAÇA

    Disse também o Senhor a Arão: Na sua terra herança nenhuma terás, e no meio deles, nenhuma parte terás; eu sou a tua parte e a tua herança no meio dos filhos de Israel. E eis que aos filhos de Levi tenho dado todos os dízimos em Israel por herança

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Patrono da união homossexual

Igreja faz oratório para casal gay, considerado patrono da união homossexual 

Apesar da religião condenar o homossexualismo, há santos gays consagrados que agora serão homenageados pela Igreja Anglicana em Campo Grande.
São Sérgio e São Baco, nomes pouco conhecidos em País de maioria católica, eram gays. Foram mortos pelo imperador Maximiliano e hoje são considerados patronos da união homossexual.
O oratório para os dois será inaugurado no dia 9, às 19h, pela Pastoral da Diversidade da Capela da Inclusão, que integra a Missão da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil em Campo Grande.
A congregação faz questão de mostrar publicamente o apoio aos homossexuais. Quando chegou a Campo Grande, anunciou que faria o casamento de gays.
A história de Sérgio e Baco é do começo do século 4. Sérgio de Resapha e Baco de Barbalissus viviam na Síria e ocupavam altas patentes no exército do imperador Cesar Maximiliano, o primeiro era comandante da tropa de elite e Baco seu auxiliar direto.
Foram torturados não pelo fato de serem amantes, mas por se converterem ao cristianismo.
Sérgio morreu a chicotadas e Baco foi decapitado depois de suportar torturas como correr quilômetros com os sapatos forrados com pregos afiados que lhe atravessavam os pés.
Os dois viraram ícones do movimento gay no mundo e símbolos da defesa da união civil entre pessoas do mesmo sexo. O dia escolhido para homenagear o casal é 7 de outubro.
A imagem dos dois foi confeccionada pelo teólogo e artista plástico Luiz Coelho, do Rio de Janeiro, e estava em uma Paróquia dos Estados Unidos, que o doou para a Capela da Inclusão em Campo Grande.
A Capela da Inclusão fica na Rua do Pandeiro, n. 120, no bairro Tiradentes.
Por mais estranho que pareça diante de tantos ataques ao homossexualismo dentro das igrejas, os gays não só eram aceitos antigamente, como consagrados, garante o historiador da Universidade de Yale nos EUA, John Boswell.
Na história, outras duas santas são consideradas homossexuais por pesquisadores. Santa Perpétua e Santa Felicidade, mártires desde o século 3. Felicidade era escrava de Perpétua, o que as levou à prisão, onde morreram.

Fonte:   GRITOS DE ALERTA 




Nada disso é novidade do ponto de vista bíblico. Jesus disse que chegaria a meia noite onde o mundo todo estará em plenitude das trevas espirituais trazendo grande sofrimento aos cristãos e perseguições jamais vistas. Diz também que será no meio destas trevas onde os cristãos não podendo mais suportar as perseguições ansiarão a vinda do Messias como nunca. Ele adverte dizendo que sua passagem para tirar a igreja desta situação será como um relâmpago, e que não deveremos dar ouvidos a nenhuma outra forma de manifestação de suposta vinda. Isto é somente o começo daquilo que irá preparar a igreja para o arrebatamento, ainda veremos coisas muito piores não somente no contexto de perversão sexual. 


A despopulação mundial é um assunto fortemente discutido pelos líderes das nações na ONU onde o homossexualismo é somente um dos métodos adotados por eles. Caso você seja um cristão verdadeiro esteja ciente e pronto para ter que abrir mão de muitas coisas para não apostatar também. Se coloque em uma situação que até para manter seu ganha pão tenha que aderir a estas mudanças sociais, e isto é só uma idéia básica. É fácil descordar enquanto isto não afeta nossa estabilidade, no entanto estes problemas estão vindo para separar o joio do trigo. Logo teremos em todas as denominações evangélicas uma igreja politicamente correta e outra completamente oposta a estas políticas. Jesus diz que a igreja vai se dividir em dois grupos. Não é para manifestar os sinceros que os escândalos virão? Porém, no momento mais crítico desta situação, quando os verdadeiros filhos da luz não puderem mais suportar a pressão da corrupção generalizada do sistema do mundo a fim de torna-los também em filhos das trevas é que ocorrerá a grande captura dos que se mantiveram fiéis à sua Palavra. Não é a toa que os líderes homoafetivos estão aí se revelando assim como Judas se revelou cumprindo sua missão. 


A boa notícia disso tudo é que as Escrituras se cumprem, e sendo assim, as promessas de vitórias também se cumprirão. Este sistema mundano há de passar e com ele toda corrupção e perversidades, mas os justos permanecerão para sempre. Glórias e honras a ti Pai em nome de Jesus, porque seus planos jamais serão frustrados. Tudo o que plantaste, colherá. 






Referências


Mateus capítulos 24 e 25





*  *  *  *  *  *




Superpopulação é um termo relativo. Em excesso para quê? Comida? Recursos? Espaço vital? Os dados mostram que nenhum julgamento pode ser feito sobre superpopulação com respeito a todas três variáveis. Dr. Osterfeld, Professor de Ciência Política na Faculdade Saint Joseph em Rensselaer, Indiana, conclui que embora haja hoje mais gente no mundo do que em algum tempo atrás, "por qualquer medida significante o mundo está realmente tornando-se relativamente menos povoado”.

De 1900 a 2000, a população mundial aumentou de 1.6 bilhões para 6.1 bilhões. Porém, enquanto a população mundial aumentou próximo de 4 vezes, o produto real mundial bruto aumentou de 20 a 40 vezes.





Fluindo dessa análise defeituosa é a política de planejamento da população com o objetivo de controlar a crescente população muçulmana. A evidência é o relatório de Anisa Abd el Fattah do Afeganistão. Ela diz que: "A medida que as nações do mundo se alinham com os EEUU em sua “guerra contra o terrorismo”, uma outra guerra já começou. A “outra” guerra é contra mulheres e crianças afegãs, e está sendo travada pela infame Agência de Planejamento Familiar da ONU (UNFPA). Liderada por Olivier Brasseur, e fiscalizada pelo diretor executivo da UNFPA, Thoraya Obaid, a campanha da UNFPA opera sob o pretexto de “cuidados com a saúde reprodutiva” e mira as mulheres afegãs no Paquistão, Irã, Tajikistão, Turcomenistão e Uzbequistão”. Seu objetivo de longo prazo é estabelecer uma permanente presença no Afeganistão. Os planos da UNFPA são gastar cerca de $20 milhões em serviços de aborto no Afeganistão...



Se nós dividirmos 6 bilhões de pessoas em famílias médias de quatro e dermos a cada uma delas um acre de terra para cultivar comida para suas famílias, você poderá ver que os EEUU poderiam facilmente sustentar todos povos no mundo com espaços de reserva (Ralph Epperson em seu livro The Unseen Hand)








*  *  *  *  *  *




Quem tem permissão para viver?







Share:
Tecnologia do Blogger.

Seguidores

Arquivo do blog

Theme Support